Ladrão é morto por Armadilha após invadir Residência de um Idoso

Um idoso que matou um suspeito de assalto durante a madrugada desta quarta dentro de uma casa. O idoso, que terá sua identidade preservada, disse em entrevista à ao Portal R7 que “Era ele ou eu”.

Clique para ver o vídeo completo

Segundo informações, a armadilha foi acionada quando o ladrão abriu a porta da cozinha. Uma espécie de ratoeira formada por canos de PVC e arame farpado estava ligada a uma espingarda calibre doze, apontada para a porta, que disparou dois tiros fatais no invasor.

Após ser assaltado diversas vezes, homem faz armadilha, mata ladrão e é presoVizinhos do proprietário afirmaram ter visto o ladrão chegar de bicicleta e pulado o muro para invadir a casa. A polícia foi chamada e quando chegou na residência o ladrão já estava morto na porta da cozinha.

Segundo o delegado que investiga o caso, o bandido, de 28 anos, estava em liberdade provisória e seria ouvido ontem, no Fórum da Cidade, para prestar esclarecimentos sobre outros crimes de roubo já cometidos na região de Formosa.

Ele explica que o ladrão havia adiado o depoimento que faria na tarde de ontem sob a alegação de que iria trabalhar. Só não explicou a natureza da atividade.

O dono da casa não estava na propriedade na hora da tentativa de invasão e estava afirma ter sido alvo de oito assaltos nos últimos anos.

O homem pode pegar de seis a 12 anos de prisão por ter preparado uma armadilha que matou um ladrão que invadiu sua casa. Ele pode ser indiciado por crime doloso, quando há a intenção de matar

Moto G4 Plus explode, causa incêndio e deixa três feridos em Maceió

Na segunda-feira, 15, o vendedor farmacêutico Williams da Silva, que mora em Maceió, teve um péssimo despertar. Depois de deixar seu Moto G4 Plus carregando numa tomada ao lado do sofá, como sempre fazia, ele foi dormir e acordou às 4h sentindo que algo estranho estava acontecendo. Descobriu então um incêndio em sua sala.

Nesse momento, ele gritou para que a esposa buscasse o filho, passou pelas chamas, abriu a porta de casa e gritou para os vizinhos em busca de ajuda. Williams, a esposa e seu filho de nove anos conseguiram escapar do incêndio, mas com ferimentos. O vendedor teve queimaduras de primeiro e segundo grau em 20% do corpo, sua esposa teve uma queimadura na região da testa e o filho, uma lesão nas costas.

Como a região estava passando por um rodízio de água, os vizinhos combateram o incêndio com água de reservatório e baldes antes de que o Corpo de Bombeiros chegasse. A família perdeu todos os móveis da casa alugada. Após o fogo ser controlado, os três foram levados para uma Unidade de Pronto Atendimento e depois encaminhados para o Hospital Geral do Estado. As imagens abaixo, cedidas por Williams à Gazeta Web, mostram como ficou sua casa após o incêndio:

Precauções

Williams e sua família ficaram abrigados na casa de parentes no resto da noite. O vendedor disse ter entrado em contato com a fabricante do aparelho, que se comprometeu a lhes prestar assistência. A Motorola se posicionou sobre o ocorrido em uma nota enviada por sua assessoria ao site. A nota pode ser lida abaixo:

“A empresa já entrou em contato com Willians [sic] da Silva para oferecer suporte e analisar detalhadamente o aparelho para entender o ocorrido. Por se tratar de um caso isolado, acreditamos que é prematuro especular as causas do incidente sem antes concluirmos todas as análises necessárias. A empresa reforça que todos os seus produtos são cuidadosamente projetados e fabricados com os mais altos padrões de excelência em qualidade, sendo submetidos aos testes rigorosos para oferecer ótimo desempenho para o consumidor.”

Se você tem um Moto G4 Plus, portanto, não se desespere: pode tratar-se de um problema isolado daquele aparelho. No mais, sempre vale a pena tomar cuidado com o celular e evitar carregá-lo durante a noite. O Olhar Digital já fez uma matéria sobre os riscos de deixar o celular carregando enquanto você dorme, e ela pode ser vista abaixo:

A fúria de uma representante da elite eleitora de Aécio – Chamou o Pobre de Burro Miserável

“Miseráveis, imbecis e burros, que votaram na p… da Dilma. Vão depender do Bolsa Miséria para o resto da vida. Sou rica e posso sair desse país que vai virar uma ditadura (…)”. Confira a seguir toda a educação e elegância de uma “autêntica representante da elite”

 

Causou grande repercussão no Facebook um vídeo publicado na noite do último domingo (26) pela jornalista Deborah Albuquerque Chlaem, de São Paulo, que chama os eleitores que reelegeram a presidente Dilma Rousseff (PT) de “miseráveis, imbecis e burros, que votaram na p… da Dilma”. No campo profissão de sua página na rede social, ela diz ser artista na Rede TV.

Deborah conta estar se preparando para deixar o País com destino a Orlando, nos Estados Unidos, onde mora seu pai. “Eu sou rica, bem sucedida, muito bem de vida, e tentei ajudar vocês, miseráveis, imbecis, burros, que votaram na p… da Dilma. Vocês são muito burros e vão depender de Bolsa Família e Bolsa Miséria para o resto da vida, vocês vão continuar na merda, eu não, eu tenho condições de sair desse País, que vai virar uma ditadura. Estragaram o Brasil, merda de petistas!”, ataca.